Finalmente um acordo!

Padrão

NEGRA E COM ORGULHO! 

Ontem a noite, como todos sabem, foi realizado o Miss Universe em São Paulo capital. Em seu aniversário de sessenta anos, o evento contou com a presença das mais belas mulheres de todas as edições. Maquiagens e cabelos perfeitos, roupas belas e biquinis comportados, ao contrário do estilo Brasil de vestir com suas minitangas, eternizaram uma verdadeira noite de belezas no desfile das misses dos 89 países participantes. Cheia de surpresas, a festa foi embalada pela punjante, contudo americanizada demais, música Locomotion Batucada de nossa queridíssima Claudia Leitte e a mais que famosa Bebel Gilberto que, assim como Paulo Coelho, é mais prestigiada fora do território brasileiro do que dentro de sua patria mater. O grupo de jurados de vários segmentos da sociedade, desde fashionistas, modelos e apresentadores até piloto de stockcar – isso que é diversidade! E na hora das perguntas, os dois brasileiros que estavam por lá, fizeram as honras do país anfitriã do evento e mandaram questões um tanto capciosas para suas respectivas, mostrando que além da beleza, elas tem cultura e opinião ou a velha e boa decoreba.

Desde que a chinesa ganhou, acho que três anos atrás, não assisto o Miss Universe. Fiquei tão traumatizada que esqueci que do evento. Minha mãe ainda acredita na serenidade do programa; algo que eu tenho um pé atrás. Raramente acontece casos como o de ontem, quando o dinheiro não fala mais alto.

Leila Lopes, Miss Angola, ganhou o Miss Universo. Um feito que nenhuma de sua país havia conseguido e ainda por cima de tudo é negra. Ver os muitos racistas do mundo se curvarem aos traços delicados dessa mulher foi algo memorável! Pela primeira vez, concordo plenamente com os jurados. Ela foi a luz daquele desfile. Bela com o biquini amarelo e o traje de gala branco ela mereceu a coroa.

Apesar de ficar um pouco desconfortável com o vestido – diga-se de passagem com uma fenda lateral enorme – e ter estourado o tempo nas perguntas, a simpatia dela e o carisma que resplandecia sem seu sorriso cativou todo mundo. Nem a brasileira teve tal feito! No twitter era o que mais se comentava, tanto que nos TT’s estava tanto o Miss Angola quanto Leila Lopes.

A cada fase de seleção, eu e minha amiga Milena, pulávamos quando ela passava. Fiz uma aposta que a chinesa ganhava. Tenho que admitir que ela tinha uma certa elegância, mas bonita ela não era mesmo! Como o juri sempre  foi injusto, pensei que iriam escolhe-la, mas quando disseram: “E no quinto lugar: China!” Ah, o alívio foi grande. Foi a caixa de chocolate mais bem perdida de todos os tempos!

As supresas da noite foram a venezuelana não ter entrado nem nas dez escolhidas e a americana não ter arrancado nada por sua magreza exacerbada na questão do traje de banho. Eu tive medo. Anorexia no Miss Exemplo para o Mundo, nunca! Sem contar o vestido maiô+pano transparente brilhoso que três, inclusive a ex-Miss Universo Mexicana, usou. Problemas a vista.

É, parece que o Brasil tem um quê a mais mesmo. Espero que continue sendo assim, porque se fosse de dinheiro, a coroa com certeza não pertenceria a Angola, mas sim aos EUA, mesmo em recessão.

Sem mais, uma noite memorável,

P. V. do R. Freire

P.S.: Um verdadeiro Diamante Negro!

Anúncios

Uma resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s